COMPANHE AS NOVIDADES PARA SEU NEGÓCIO
Receba um conteúdo selecionado em seu email, prepare-se e mantenha-se informado sobre as novidades.



SOLICITAR UM TESTE

Como construir uma identidade na internet [PARTE 3]

NegóciosSéries
Como construir uma identidade na internet [PARTE 3]

No post passado, conversamos um pouco a respeito sobre o que é posicionamento e alguns passos para desenvolvê-lo. No artigo de hoje, avançaremos no assunto, abordando um dos itens essenciais para desenvolver a sua forma de se posicionar no mercado: o público-alvo.
A primeira coisa a se ter em mente é que o mercado é algo muito amplo. Tomemos como exemplo a persona que criamos na matéria passada, que era focada no ramo produtos de fisioterapia. Pergunte a se mesmo: quem está ligado a esse universo? Provavelmente fisioterapeutas, especialistas na área, professores e alunos de faculdades de fisioterapia, pacientes, comerciantes de artigos fisioterapêuticos, para citar apenas alguns. E a lista não acaba por aí! Várias pessoas diferentes estão ligadas a esse assunto e, portanto, não há como atender ao interesse de todos por conta dessa diversificação. É nesse ponto que conseguimos compreender a importância de delimitar bem um público-alvo.

Para definir esse público, é necessário primeiramente segmentá-lo. Segundo Kottler, um dos maiores especialistas de Marketing da atualidade, segmentar significa identificar e traçar o perfil de grupos distintos de consumidores, atentando-se para suas necessidades e preferências. Você pode trabalhar essa segmentação partindo de vários fatores, como demográfico e comportamental. Por exemplo: quem são os meus clientes? Qual a faixa etária deles? Como eles se comportam? São eles fisioterapeutas, clínicas, hospitais, comerciantes? Como essas pessoas consomem as informações e novidades que vou passar em minhas redes na internet?

Um método bastante utilizado para trabalhar o público alvo para web é a definição da persona e estudo através do mapa da empatia. A persona é uma representação do público alvo da empresa. A definição da persona ajuda a segmentar o conteúdo com foco no cliente potencial. O mapa da empatia é uma ferramenta visual que ajuda na compreensão da persona. Ela é utilizada para montar uma hipótese sobre a persona, como ela pensa, age, se relaciona e o que é importante para ela. O conceito é simples: quanto mais específico seu público-alvo for, melhor será a comunicação entre vocês e mais valor e firmeza sua marca terá.

Compreender para quem o seu conteúdo se destina também te ajuda a produzi-lo e a se aprofundar nele, o que o ajudará a ser uma especialista na sua área, fixando a imagem da sua marca na memória dos seus clientes.
No próximo tópico, conversaremos mais sobre como planejar o seu conteúdo para a web.

Até breve!

Comentários

comments

Entre em contato