COMPANHE AS NOVIDADES PARA SEU NEGÓCIO
Receba um conteúdo selecionado em seu email, prepare-se e mantenha-se informado sobre as novidades.



SOLICITAR UM TESTE

Como construir uma identidade na internet [PARTE 5]

Sem categoria
Como construir uma identidade na internet [PARTE 5]

Até este momento, você já sabe o posicionamento do seu negócio, quem é o seu público-alvo e como planejar o conteúdo para fidelizar clientes ao seu site. Agora, no nosso último post da série “Como construir uma identidade na internet”, vamos ensinar para vocês como escolher a rede social a se investir.

Segundo a Pesquisa Brasileira de Mídia publicada em 2015, cerca de 76% dos brasileiros acessam a internet diariamente, com uma exposição de 5h nos dias úteis e de 4h24 nos finais de semana. A Tyntec estimou que  77% dos usuários no Brasil usam o celular para se conectar, esticando ainda mais esse contato com o universo virtual. Com esses dados em mente, fica visível que não abraçar a internet como um todo não é mais uma questão de escolha. Para tornar isso mais claro, falemos do resultado da pesquisa do TIC Empresas: cerca de 97% das empresas brasileiras já têm presença digital.

E onde as redes sociais entram dentro desse cenário? Como mais um canal para captar e fidelizar os seus clientes.

A primeira coisa a se ter em mente é que as redes sociais não devem ser usadas como a base do seu negócio, mas sim como aliadas. Tomemos o Facebook como exemplo. Há algum tempo, a rede de Mark Zuckerberg sofreu mudanças em seu algoritmo, o que gerou uma queda no alcance orgânico das postagens e forçou os usuários a pagarem publicações para gerar essa visibilidade. Dessa maneira, investir toda a sua energia apenas no Facebook não é uma alternativa rentável e, principalmente, efetiva para o seu empreendimento. Essa reflexão se estende a todas as outras redes sociais – seja Twitter, Pinterest ou Youtube.

No entanto, usá-las é fundamental para qualquer negócio. Através delas, é possível desenvolver mais um canal de comunicação com o seu cliente, mensurando os resultados da interação deles com a sua conta e levando-os para o seu site. Com um planejamento de conteúdo bem-feito e que gere interação com o público, construir um bom e eficaz relacionamento com os usuários se torna uma realidade.

Partindo desse princípio, é hora de descobrir onde seu público está. Você já o conhece bem por conta das etapas anteriores, logo será mais fácil saber qual rede social seus potenciais clientes estão concentrados em massa. Não adianta investir em vários canais se seus usuários prefere o LinkedIn e o Youtube, por exemplo. Através dessa análise, é importante também entender a cultura e o padrão de comportamento daquela rede, características mais básicas que o ajudarão a desenvolver conteúdo, frequência e melhores horários para as publicações. Com um planejamento de marketing digital bem-feito, as redes trarão para o seu negócio autoridade, tráfego, conversões e vendas. Use-as sabiamente!

Esperamos que vocês tenham gostado dessa série. Até a próxima.

Comentários

comments

Entre em contato