COMPANHE AS NOVIDADES PARA SEU NEGÓCIO
Receba um conteúdo selecionado em seu email, prepare-se e mantenha-se informado sobre as novidades.



SOLICITAR UM TESTE

Três passos para não quebrar a sua empresa

DicasEmpresarialNegócios
Três passos para não quebrar a sua empresa

Em tempos de crises financeiras, o maior medo dos empresários gira em torno da falência dos seus negócios. No entanto, uma má gestão pode antecipar esse fim mesmo em temporadas mais calmas para a economia, assim como uma administração excelente, aliada a um controle de custos, assegura a vida da empresa em períodos de turbulência.

Para isso, listamos três passos que vão te ajudar a segurar as pontas tanto em momentos complicados, como irão também garantir o sucesso do seu negócio:

  • Acima de tudo, planejamento: empreender sem um plano de negócios detalhados pode ser um tiro no pé. É no planejamento onde você verá se o seu projeto é viável e listará todas as ações básicas para a prosperidade da empresa e informações importantes, como quantidade de capital necessário para manter seu negócio, avaliação de mercado e perfil do cliente. Coloque também seus objetivos, fornecedores, produtos a serem vendidos, localização da sua empresa, e demais dados.
    A ausência do planejamento pode levar a decisões erradas que, inevitavelmente, afundarão o seu empreendimento. Além disso, é importante ter a noção de que o mercado muda, e acompanhar essas transformações pede ajustes naquilo que você já traçou.
  • Pessoa física x Pessoa jurídica: alguns empreendedores costumam confundir as duas pessoas, usando o caixa da empresa para pagar contas particulares. Esse é um erro gravíssimo. Mesmo se sua empresa estiver com uma boa saúde financeira, o dinheiro excedente deve ser usado para manter as finanças e um caixa positivo. Por isso, defina bem o seu pró-labore.
  • Cuidado com os investimentos: investimento não é sinônimo de gasto; contudo, se não for bem planejado, poderá trazer problemas para o negócio. Não passe por cima de oportunidades, mas saiba reconhecer uma. Seja cauteloso na hora de investir, respeitando a capacidade financeira da sua empresa e sabendo bem em quanto tempo virá o seu retorno. Também é importante saber retroceder quando o horizonte não se mostra propício, repensando o negócio em caso de prejuízo.

O pesquisador Adrian Furnham, da University College London, concluiu que o perfil do empreendedor é um dos fatores de peso para o sucesso ou o declínio de um empreendimento. Por isso, saiba bem gerir o seu negócio, prezando tanto pelo planejamento quanto pelo bom relacionamento entre seus colaboradores. Uma organização não funciona sem esses dois elementos.

Até a próxima!

Comentários

comments

Entre em contato